Salvador Magalhães Mota

 

Informação Geral

Categoria académica: 

Professor Associado com Agregação /
Investigador

Email:  smota@braga.ucp.pt

Curriculum DeGóis

ORCID ID

 

Biografia e Interesses de Investigação

Salvador Magalhães Mota é Doutorado em História pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto e Professor Associado com Agregação em História Moderna pela Universidade do Minho desde 2013. É também Diretor do Gabinete de Relações Internacionais da Universidade Católica Portuguesa – Centro Regional de Braga. Nessa área tem estudado a cooperação interuniversitária entre os PALOP, tendo publicado vários trabalhos. No entanto, o tema de investigação prioritário está relacionado com o estudo sobre os Cistercienses na época moderna nas suas mais diversas multiplicidades (espiritual, religiosa, artística, histórica, cultural, administrativa e económica etc…). Em concreto procura investigar o estudo da biografia, dos hábitos, dos costumes, comportamentos, mentalidades e formação académica dos Abades monges da Ordem Cister da Congregação de Sta. Maria de Alcobaça em geral e do Mosteiro de Sta. Maria do Bouro em Amares em particular.

Principais Publicações

Mota, S. M. (2018), As Cartas Pastorais como instrumento de Comunicação  e de Propaganda de Conservadores e de Reformistas na Congregação dos Bernardos na segunda metade do século XVIII. In SANTANA, Maria Olinda Rodrigues e RODRIGUES, Henrique (Coordenadores), As Margens da Palavra, Cartas, Vozes e Silêncios Femininos. Porto: Associação Portuguesa do Vinho e da Vinha (APHVIN / GEHVID), Capítulo XIV, pp.341 – 357.
Mota, S. M. (2017), Percursos de vida Espiritual e Temporal dos Monges Bernardos na Congregação de Sta. Maria de Alcobaça (Secs. XVI a meados de XIX). Bracara Augusta. Revista Cultural da Câmara Municipal de  Braga. Braga, Câmara Municipal de Braga, VOL. LXIII Nº 121 (134), pp. 21 – 106.
Mota, S. M. (2016), Práticas Sociais, quotidiano e emolumentos dos monges da Congregação de Alcobaça da Ordem de S. Bernardo. In SEBASTIAN, Luís e RESENDE, Nuno, Cister no Douro. Lamego. DCRN / Museu de Lamego / Vale do Varosa, pp.140 – 153.
Mota, S. M. (2014), Os Cistercienses do Mosteiro de Sta. Maria de Bouro e a sua influência local e regional. In CAPELA, José Viriato e DOMINGUES, Agostinho (Coord.) 2014, Para Á História de Amares. Amares: Município de Amares, pp. 245-279. (2015) As Rendas em vinho no Mosteiro de Sta. Maria de Bouro (Amares) 1655 – 1775. Observações e comportamentos. In Vinho Verde. História e Património. Porto: Associação Portuguesa de História do Vinho e da Vinha, Vol. I, pp.155 -168.